Siga-nos nas redes sociais

É hora de falar sobre o WordPress, uma das plataformas mais conhecidas do mundo. O WP é o CMS  (Content Management System) mais utilizado em projetos digitais. Atualmente quase 30% de todos os sites do mundo são desenvolvidos nessa plataforma que, desde a sua criação não para de crescer.

O que é o WordPress?

Em uma frase apenas o WordPress é um CMS  de uso altamente facilitado. Para quem não está familiarizado com o termo, CMS é uma sistema de gerenciamento de conteúdo, que serve normalmente para facilitar a criação, edição e mudança de visual em todos os tipos de projetos, desde blogs e sites, até e-commerces e aplicativos mobile. Afinal, por que reinventar a roda criando um sistema do zero? Eu tenho a resposta: para atender prontamente o seu projeto digital. Este é um dos motivos mais claros para se usar o WordPress.

Além de conter milhares de templates pré-definidos que podem te ajudar no desenvolvimento do seu projeto, o WP permite que você também desenvolva do zero, colocando código por código dentro da plataforma. No fim, o resultado é surpreendente, tanto quanto qualquer outro desenvolvimento do zero, mas com a vantagem de ser muito mais fácil de usar, mudar e gerir.

comentario-wordpress-gobacklog-projetos-digitais

Agora, aprofundando mais no assunto, o danado do WordPress vai muito além que uma simples plataforma. Ninguém alcança o top de quase 30% do mercado mundial, contra apenas 3% do concorrente atôa. O WordPress chegou onde está por ser fácil de usar, ser altamente inteligível pelos motores de busca, conter diversas opções de integrações e oferecer milhares de opções de templates e plugins.

A importância da plataforma

Sabe aquele ditado “a voz do povo é a voz de Deus”? Pois é, a grande importância do WP está nos seus usuários e em seus milhares de desenvolvedores ao redor do mundo. O WordPress foi criado e sempre se manterá como uma plataforma open source. Seu código aberto permite que desenvolvedores avançados ou iniciantes modifiquem qualquer coisa dentro de um sistema ou projeto quando quiserem. Isso torna a plataforma mais maleável para qualquer tipo de projeto digital.

Esses mesmos desenvolvedores do mundo inteiro criam, oferecem e disponibilizam milhares de plugins e soluções mais fáceis pra todos os tipos de necessidades. Da mesma forma, o WordPress conta com um time que evolui gradativamente, criando aplicações mais assertivas que passam a fazer parte do seu core em suas novas atualizações, tornando-o cada vez melhor e mais enxuto. Assim, a cada atualização, novas e melhores funcionalidades são aplicadas.

A evolução da plataforma

Quem acompanha a plataforma sabe que a evolução dela é constante e isso sempre a mantém na vanguarda. Normalmente podemos contar com um número de uma a três atualizações todos os anos. A versão mais atual do sistema é a versão 4.8 Evans, uma homenagem do criador da plataforma Matt Mullenweg ao pianista de jazz Bill Evans.

Atualmente WordPress é desenvolvido por centenas de profissionais de dezenas de países, todos trabalhando home office. A decisão de seguir esse modelo de trabalho não é de hoje, mas foi oficializado a pouco pelo CEO da Automattic. Mais uma decisão que mostra o quanto o WordPress evolui rápido e segue as tendências mundiais, tanto as de tecnologia quanto as de trabalho.

Segurança

A segurança e o bom desempenho de uma instalação WordPress depende do bom gerenciamento. O WP ou qualquer outra plataforma tende a abrir brechas de segurança com o tempo. Existem várias formas de aumentar a segurança e evitar invasões, vamos checar as mais simples:

  • Coloque uma senha realmente forte, com letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais;
  • Atualize sua senha periodicamente;
  • Ative a autenticação de 2 etapas;
  • Evite que façam várias tentativas de login.

A maior parte dos ataques de hackers são de força bruta, ações preventivas na página de login já diminuem as chances de uma invasão. Estas dicas listadas acima servem para a proteção não só do WordPress, mas para qualquer tipo de instalação ou plataforma.

Existem outras ações mais técnicas para manter seu WordPress em segurança. Elas envolvem: painel administrativo, tema, plugins, banco de dados, wp-config e hospedagem. Para essas atividades mais técnicas, sugiro a contratação de especialistas. Atualmente, o serviço de hospedagem gerenciada faz muito sucesso, pois mantém o site sob vigilância 24 horas. Além de atualizar temas e plugins, oferecendo relatórios completos das medidas tomadas.

Hospedagem

Por ser uma plataforma fácil, normalmente empreendedores digitais iniciam seus projetos digitais usando o WordPress. Assim, acabam se esquecendo que não basta ter um sistema, devemos nos preocupar onde ele estará hospedado.

É bom dar uma atenção especial para esse tema, o mal gerenciamento da hospedagem é a principal causa de quedas de site, seja ele WP ou não. A maioria das pessoas não tem noção de como funciona o sistema de tráfego e acesso ao servidor. Basicamente é como os meios de transportes mesmo, só que todos viajando em altíssima velocidade ao redor do mundo. Quando você tem um site de poucos acessos/mês ou poucos acessos simultâneos, você não precisa se preocupar muito com a hospedagem. Ela será “leve” e exigirá pouco do servidor.

Normalmente, empreendedores digitais iniciantes passam pela provação do servidor. Ao iniciar seu negócio, os acessos digitais são menores e, sendo assim, contratam serviços de host baratinhos que a gente vê nas propagandas por aí. A partir do momento que os acessos aumentam o site não para mais em pé. Isso certamente atrapalha as negociações e pode acabar com a credibilidade de uma marca.

No caso de uma situação dessas acontecer, não vá colocando a culpa no WordPress. Consulte qual será a melhor forma de manter seu sistema. Por isso é importante ter uma hospedagem especializada, de preferência gerenciada. E, não se esqueça, caso estiver planejando alguma ação de marketing que aumentará os acessos ao seu site, avise imediatamente ao seu servidor.

Integrações

A maleabilidade do WordPress é algo tão incrível que, caso não encontre a integração desejada em forma de plugin, você pode contratar especialistas ou criar você mesmo a integração diretamente no código fonte.

integracoes-wordpress-gobacklog-projetos-digitais

Normalmente encontramos as soluções que buscamos no repositório de plugins do WordPress. São dezenas de milhares de plugins à disposição. Mas, caso a necessidade seja muito específica, há sempre a possibilidade de criar e modificar o código aberto do WP. Você manja dos “paranauês” dos código, vá em frente. Se você não conhece, é melhor contratar um especialista.

O que o WordPress pode fazer pelo empreendedor digital?

Tudo! Isso mesmo, tudo. Já faz um bom tempo que o WordPress se tornou uma aplicação plena para toda a web. Seja qual for o tipo de empreendimento digital, existe uma ou várias formas do WP atender suas demandas.

possibilidades-wordpress-gobacklog-projetos-digitais

Se você vende pela internet, o WP tem integração com o Woocommerce (que também é da Automattic). Se você tem um aplicativo, você pode integrá-lo ao site WordPress pela REST API. Se você é um blogueiro, vlogueiro, gênio da programação ou vendedor de tangerias, o WordPress tem como te atender. Tudo o que você desejar, dá para fazer no WordPress, basta ter a pessoa ou empresa certa para transformar suas ideias em projetos digitais.

Espero que tenha gostado do artigo. Compartilhe com seu amigo que não acredita no WP e nos siga nas redes sociais ou assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como esse.

Daniel Antunes

Fundador e CEO da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor, Investidor e Graduado em Sistemas de Informação, Pós-graduado em Engenharia de Software e também em Gestão Estratégica de Negócios e Projetos, com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by