Siga-nos nas redes sociais

É de conhecimento geral que o mercado está mudando de forma rápida e as empresas precisam agir com velocidade para garantir a sobrevivência, principalmente em cenários de alta competitividade. 

Contudo, muitas vezes, as ideias não estão maduras o suficiente para que sejam colocadas em ação, principalmente se considerarmos que soluções de software são complexas e levam tempo para alcançarem alta qualidade.

É crucial que as Soluções Digitais tenham parcerias estratégicas e ideias maduras, além do entendimento dos gestores sobre questões relacionadas ao mercado que, como dito acima, muda constantemente, inclusive no processo de construção de uma solução.

É comum ver empresas correndo para colocar os produtos nas mãos dos consumidores o mais rápido possível. Porém, segundo estudos do Chaos Report, 60% dos projetos não são finalizados no tempo programado, muitas vezes porque estipulam prazos curtos e não conseguem atingi-los em razão de não atingirem a qualidade desejada, o que traz prejuízos e torna as situações insustentáveis.

Por esse motivo, é tão importante que sua empresa busque melhorias constantes a fim de alcançar alta qualidade, tanto no período que o software estiver sendo construído, como também após a sua conclusão, para que ele se mantenha atualizado às alterações que o mercado demanda.

Soluções Digitais: Como usar o Tempo de Desenvolvimento a seu Favor

Velocidade sem qualidade faz sentido?

É comum ver empresas utilizando estratégias desesperadas de sobrevivência com o objetivo de acompanhar as rápidas mudanças que ocorrem no mercado e, como consequências disso, acabam tentando inovar de qualquer forma.

Um exemplo disso é o Facebook, que por um tempo defendeu a filosofia “Move fast and break things”, que em português quer dizer “Mova-se rápido e quebre as coisas”. Essa filosofia prega a ideia de ter alta velocidade com pouca consideração pela qualidade.

Muitas empresas entendem mal essa ideia e pensam que fazer bagunça é o mesmo que inovar. O objetivo, nesse caso, deveria ser: agir rápido, porém, quebrando as coisas certas, pois, dessa forma, seriam capazes de entregar resultados benéficos para as organizações.

Nos estudos do Chaos Report, quase metade dos projetos, 44%, não alcançam seus respectivos alvos. Dessa forma, fica evidente que esse pensamento de poder quebrar qualquer coisa sem se preocupar com a qualidade pode acarretar em diversos prejuízos para as empresas. 

Um exemplo desses prejuízos são os altos investimentos em projetos que não alcançam os resultados esperados e, como consequência, desmotivam as equipes e prejudicam os orçamentos das próximas iniciativas, entre outros fatores desfavoráveis.

Qual a consequência de ter soluções prematuras?

O tempo é algo valioso, e aproveitá-lo para amadurecer uma ideia é crucial. Porém, muitas empresas ainda não entendem que não dar atenção à maturidade de uma solução pode ser prejudicial, principalmente quando se tratar de um produto inovador.

O mercado pune soluções prematuras e o não entendimento disso pode acarretar condições desfavoráveis, fazendo com que a companhia perca o tempo certo de lançamento e até mesmo perca espaço para um concorrente que está investindo no mesmo sentido.

Além disso, há questões éticas ligadas ao engajamento de clientes. Infelizmente, não é raro ver soluções incompletas em diversas áreas, prejudicando não só a experiência do cliente como também a imagem da empresa.

Portanto, quando organizações buscam se desenvolver de qualquer forma, os danos podem ser muito maiores do que adotar uma estratégia focada no desenvolvimento com qualidade. Estratégia essa que, em muitos casos, exija que o crescimento seja mais lento do que poderia ser ao buscar formas mais rápidas e que possivelmente traria prejuízos para a organização.

Influência das startups na velocidade das soluções

Nos últimos anos, houve um grande número de startups surgindo com propostas inovadoras, tirando espaço ou matando muitas empresas que já estavam consolidadas no mercado.

E, como consequência disso, essas organizações estão procurando cada vez mais novas formas de retomar o espaço perdido e até mesmo buscando garantir a sobrevivência.

Como exemplo de empresa que não deu atenção necessária à tecnologia, a Blockbuster é geralmente uma das que mais se destaca, ao ter decidido não comprar a Netflix que, mesmo na época, já buscava inovar na área, oferecendo aluguel de DVDs pelo correio.

Em 2000, a Blockbuster recusou comprar a Netflix por US$ 50 milhões, contudo, o serviço de streaming já tem US$ 118 bilhões de valor de mercado, já a rede de locadoras de filmes e vídeo games nunca valeu mais de US$ 5 bilhões. Atualmente, a rede só tem uma loja no interior do Oregon, nos Estados Unidos.

Soluções Digitais Como usar o tempo de desenvolvimento a seu favor - Influência das startups na velocidade das soluções

Então, é normal empresas busquem se inserir dentro dessa cultura da inovação, tendo em vista que o medo de uma startup ou outro negócio inove primeiro é cada vez maior com o passar dos anos.

Diante disso, muitas delas buscam tomar ações rápidas que, em muitos casos, acabam se tornando mais negativas do que positivas para as empresas, já que investem recursos em produtos que em grande parte não trazem os resultados esperados. 

Um exemplo disso, é a implementação de métodos ágeis, que são muito usados pelas startups, de forma incorreta, sendo um dos principais pontos para o insucesso que as empresas têm no investimento de Soluções Digitais.

Não só a solução evolui, mas também o empreendedor

Muitas vezes algumas organizações buscam construir softwares buscando benefícios para as suas empresas com o objetivo de cortar custos e aumentar eficiência operacional, mas a pressa faz com que elas desistam.

Contudo, para que tanto a construção como as melhorias em uma Solução Digital tenham sucesso, é preciso paciência. Essa característica é extremamente benéfica porque, ao pensar em melhorias no tempo de desenvolvimento, não falamos apenas da tecnologia em si, mas também das pessoas que estão envolvidas no processo.

Abaixo estão três pontos explicando o porquê de também pensar na evolução da solução em outras perspectivas.

1. Amadurecimento da ideia

De acordo com estudos do Chaos Report, ter um ambiente de maturidade emocional qualificado auxilia 80% dos projetos a obterem sucesso. Nesse sentido, é possível perceber como usar o tempo de forma útil pode ser importante no desenvolvimento de uma Solução Digital.

O amadurecimento da ideia também pode auxiliar em valiosas oportunidades de imersão para entender melhor as variáveis externas que podem afetar o sucesso do seu produto. Portanto, essa maturidade pode ser crucial para o sucesso da solução.

Como disse o CMO da GoBacklog, Amir Faria:

Em uma era onde a qualidade da execução supera a ideia em si, é importante que o empreendedor se dê tempo para estudar cada vez mais, mesmo que esse estudo seja forçado pelo limite da velocidade que ele pode conduzir sua solução.

2. Acompanhamento do mercado

Cada vez mais as empresas buscam entender questões do mercado que, antes, ainda não tinham sido desvendadas. Principalmente se for considerado como o mercado muda rápido e como as empresas precisam se adequar a essas mudanças para garantir a sobrevivência.

Essas modificações podem surgir a todo momento, fazendo com que seja necessário atualizar ideias e planos que já estavam sendo construídos. Com isso, é possível enxergar que melhorias no processo de elaboração da solução são relevantes na maioria das vezes.

Dessa forma, a percepção de que o tempo está passando e, por esse motivo, seu produto está perdendo espaço pode ser totalmente equivocada, já que esse produto pode estar sendo desenvolvido de uma forma melhor e mais madura diante das mudanças de comportamento tanto das empresas como dos consumidores.

3. Fortalecer parcerias estratégicas

Parcerias estratégicas são criadas a todo momento pelas empresas, e o objetivo é criar um relacionamento sinérgico que possa estabelecer benefícios para ambas organizações. Contudo, muitas delas ainda não aproveitam os benefícios que isso pode gerar.

A realização da parceria entre a Apple e a IBM em 2014, é um exemplo disso. No acordo foi definido que a IBM iria vender iPhones e iPads equipados com aplicativos a fim de atender usuários corporativos. Dessa forma, o acordo tinha como objetivo oferecer benefícios para as ambas empresas, já que o produto das duas seriam vendidos em conjunto.

Portanto, é preciso que as empresas entendam que no tempo que uma solução estiver sendo desenvolvida, parcerias podem ser criadas e fortalecidas e, como consequência disso, o seus produtos podem ter mais chances de sucesso.

Soluções Digitais Como usar o tempo ao seu favor Parcerias Estratégicas

Conclusão

Atualmente, as empresas buscam velocidade em suas soluções, querendo ser pioneiros ou querendo acompanhar o mercado da forma mais rápida possível.

Porém, é preciso entender que antes de buscar velocidade, uma empresa precisa ter qualidade em suas ações. O tempo pode ser um excelente aliado nesse sentido, visto que pode auxiliar a entender os fatores internos e externos à empresa que influenciam na qualidade do produto.

Antes de buscar velocidade em uma Solução Digital, é preciso entender as diversas variáveis que poderiam afetar na qualidade da execução e como essas variáveis auxiliariam no alcance de melhores desempenhos. Portanto, para chegar à eficiência, é preciso investir recursos e o principal deles é o tempo.

Links para Leitura


Vinicius Lima

Especialista em Inteligência de Mercado na GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Estudante de Administração, apaixonado por pessoas e inovações tecnológicas.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by