Siga-nos nas redes sociais

Quando falamos de SEO em projetos digitais, estamos falando de melhorias substanciais no site, seja ele um pequeno blog ou um grande e-commerce. Na sigla SEO (Search Engine Optimization) ou Otimização para Mecanismos de Busca a palavra central é “otimização”. Normalmente quem está atrás dessa otimização, busca em especial a melhoria orgânica do seu posicionamento nas páginas do Google. Na verdade, as melhorias alcançadas com uma boa estratégia de SEO elevam exponencialmente a qualidade do site, tanto para buscadores, quanto para usuários.

Caso queira aprender o básico sobre SEO, acesse nosso texto SEO para iniciantes: Guia definitivo para começar.

Qual é a real necessidade do SEO?

Seu projeto digital está na web, consequentemente você tem objetivos e metas para alcançar com esse negócio. Ter mais acessos, fortalecer sua marca, vender mais ou seja lá qual for a sua intenção, obtendo mais acessos em um site que funcione bem e que o usuário goste de estar, vai te ajudar bastante.

É um ciclo que pode ser resumido basicamente em: se é bom para o seu usuário, é bom para os buscadores e bom para seu posicionamento. Mas quem decide o que é bom para o usuário? A internet decide! É nela que está a lógica comportamental de cada acesso, cada busca e cada site aberto no planeta.

Em uma escala bem menor, temos ferramentas como SEMRush e Google Analytics para ajudar a entender os acessos em nossos sites. Em uma escala maior já temos à disposição a inteligência artificial como o IBM Watson

google-seo-gobacklog-projetos-digitais

Destaques para ter um bom SEO

Pode ser que você tenha buscado a respeito de SEO e tenha acabado aqui nesse artigo, certo? Pois bem, por isso que ele foi escrito. Para ser encontrado por quem está procurando mais à respeito de Otimização para Mecanismos de Busca. Mas o que meu empreendimento digital tem a ver com isso? É o que mostraremos a seguir:

Conteúdo

Tanto usuários quanto mecanismos de busca gostam de novidades. Um site parado não oferece muito para quem já acessa e não oferecerá muito a quem está acessando pela primeira vez. A internet é super dinâmica e seu negócio nela também deve ser.

Produzir conteúdo interessante para seu usuário fortalece sua marca, faz com que o usuário se torne cliente. Gerar conteúdo com base no comportamento do seu público melhora os acessos, conversões e compartilhamentos.

É claro que você pode conseguir o mesmo resultado pagando, mas quanto melhor for o seu site organicamente mais fácil e barato será para estar e permanecer na primeira página. É como investir em propaganda, mas se preocupar com o “boca-a-boca”. Quando os dois estão alinhados os resultados são ainda melhores. Uma boa opção é a criação de conteúdos mais específicos como landing pages, podcasts, vídeos e e-Books, pense nisso.

Não confunda conteúdo com propaganda, ao gerar conteúdo você não está oferecendo diretamente seus produtos ou serviços. O conteúdo é uma chave para manter o bom relacionamento com o público, mesmo que ele não seja seu cliente (ainda).

Entenda seu público, transforme-o em personas e comece a produzir conteúdos relevantes. Isso é muito bem visto por usuários e por mecanismos de busca. O Google de hoje não é o mesmo de 1990, sua evolução é contínua e seu algoritmo mantém o interesse principal nos usuários.

Experiência

Quando falamos de experiência não estamos dizendo que um site deve ser mirabolante ou cheio de enfeites. O algoritmo do Google por exemplo penaliza e ignora muitos sites esteticamente carregados. Você já deixou de comprar algo na internet por ter medo de não ser seguro? Já deixou de acessar um site por ele não abrir da maneira correta em um dispositivo móvel? Ou já desistiu de acessar um site porque ele demora demais para abrir na sua conexão 3G? Pense bem, essas são péssimas experiências que servem de exemplo para que não aconteça no seu site.

Ter um site responsivo, com certificado de segurança e hospedagem gerenciada evita possíveis dores de cabeça para você. Além de melhorar seu posicionamento orgânico no Google e trazer tranquilidade ao seu usuário. Uma maneira fácil e rápida de saber como o Google vê a performance do seu site é usar o Google PageSpeed. Ele te dá uma visão geral do que está bom e do que deve ser melhorado, tanto no mobile quanto no desktop.

Código

A cada dia surgem novas opções do tipo “faça você mesmo” para construção de sites. Aplicações web com templates “super simples” para que você mesmo construa seu site podem ser bastante atraentes, mas e depois? Muitos sites não oferecem um código “limpo” ou dá opções para que você realize mudanças posteriores. Uma boa opção, muito comum para quem está começando é o WordPress, além de ter diversos templates, temas e plugins que podem te economizar tempo e dinheiro, seu código é aberto. Dando assim toda a liberdade para que desenvolvedores realizem mudanças.

estrategia-seo-gobacklog-projetos-digitais

Conclusão

O SEO vai além de uma estratégia para converter mais em seu site. É acompanhar as mudanças que acontecem na internet. Fazer o que é necessário para que seu projeto digital se mantenha impecável aos olhos dos usuários.

Tendo as devidas precauções e realizando melhorias no seu site, fica muito mais fácil estar nas primeiras colocações do Google. Espero que tenha gostado do artigo. Não se esqueça de comentar, compartilhar e nos seguir nas redes sociais.

Daniel Antunes

Fundador e CEO da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor, Investidor e Graduado em Sistemas de Informação, Pós-graduado em Engenharia de Software e também em Gestão Estratégica de Negócios e Projetos, com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by