Siga-nos nas redes sociais

Roadmap é um roteiro que busca apresentar os caminhos que uma empresa pode percorrer para alcançar os objetivos e metas traçadas, levando em consideração as influências que o mercado pode exercer no negócio, ou seja, mostrando as oportunidades e desafios que podem aparecer.

Planejar deveria ser uma das palavras de ordem dentro de qualquer negócio, visto que ao fazer isso você compreende melhor quais serão as consequências das ações da empresa. Como disse Elizabeth Grace Saunders em um artigo da Harvard Business Review:

Quando você planeja, você descobre algumas verdades difíceis sobre o que será necessário para realizar um projeto ou simplesmente realizar seu trabalho esta semana. […] Mas descobrir esses fatos o mais cedo possível lhe dá a capacidade de negociar rapidamente as expectativas em entregas ou atrair mais recursos para um projeto.

Por esse motivo, aprender sobre diferentes ferramentas de organização e priorização é muito importante para o futuro da sua empresa, já que elas podem te auxiliar na tomada de decisões assertivas e a conhecer melhor o mercado que ela está inserida.

E dentro desse cenário de organização e priorização de tarefas, o Roadmap surge como uma ferramenta capaz de nortear as ações da empresa, traçando metas, objetivos e os caminhos que ela deverá percorrer. Ao mesmo tempo, ele também é capaz de capturar todo pensamento estratégico do desenvolvimento de projetos.

Roadmap O que é e como criar o seu O que é

O que é um Roadmap?

O desenvolvimento de determinados projetos pode ser extremamente desgastante, principalmente quando ele exige a resolução de diversas tarefas e você não sabe por onde começar. Dessa forma, a estruturação de um roteiro e a organização das ideias é muito importante, pois ela ajuda a resolver situações como essas.

O Roadmap, como o próprio nome já diz, é um roteiro, ou mapa, que descreve as etapas em que a sua empresa ou projeto está. Ele pode ser descrito como uma versão mais simplificada de um Plano de Negócios, principalmente por usar de elementos visuais, que facilitam o entendimento de todos e aborda somente os objetivos principais e urgentes daquele momento.

É interessante ter em mente que além de apontar o desempenho do seu projeto ou negócio em cada fase que ele está passando, um Roadmap também pode auxiliar no seu alinhamento com a sua equipe ou sócios, e facilita a materialização do que está sendo desenvolvido.

Qual a sua importância?

Como já disse, o Roadmap é como uma versão menor de um Plano de Negócios, que te auxilia na organização de tarefas, as roteirizando de maneira sucinta. Esse documento deve conter as principais atividades que você vai realizar dentro de determinado período de tempo, utilizando ferramentas visuais para facilitar o entendimento de todas as informações.

Resumidamente, a importância do Roadmap está na forma em como ele é estruturado, transformando as informações de crescimento do negócio, os objetivos traçados, as tarefas que devem ser feitas, em informações objetivas e de fácil entendimento.

E essa característica é muito interessante, principalmente para uma empresa que possui diversos setores, pois existe uma divisão de tarefas por área de interesse. Isso pode influenciar até mesmo na produtividade dos profissionais, uma vez que todas as ações que precisam ser feitas estão descritas de forma clara e concisa no Roadmap.

Roadmap de empresa ou de produto?

O Roadmap pode ser usado para estruturar as estratégias que serão traçadas tanto para fazer a sua empresa crescer ou no desenvolvimento de um produto. Independente de onde você o está aplicando, o conceito continua o mesmo, a diferença será no objetivo do uso dele.

Quando aplicado no desenvolvimento de um produto, o Roadmap mapeia as estratégias de criação e a sua evolução. Isso quer dizer que todas as tarefas, independente de qual setor da empresa a desempenhou, estarão descritas no documento. Isso inclui a criação do design, orçamento, o marketing que será feito e tudo que será desenvolvido até a sua conclusão.

Já o Roadmap de empresas, ou Roadmap Estratégico, está mais ligado com as tarefas que devem ser desempenhadas para o crescimento do negócio. Por isso, geralmente, é feito quando há algum tipo de investimento entrando ou alguma oportunidade a ser aproveitada no mercado, eventos que implicam em um aumento das demandas como um todo.

É importante saber que a estrutura do Roadmap continua a mesma, o que difere ambos tipos é o uso. Abaixo temos uma ilustração de como o seu documento deve ficar, sendo separadas pelas áreas da empresa e o tempo de conclusão da tarefa, geralmente divididos por trimestre. É interessante escolher uma pessoa para ficar responsável por cada atividade, para facilitar ainda mais o entendimento de todos.

Exemplo de Roadmap gerado na ferramenta Aha!

Como fazer um Roadmap?

A estrutura do Roadmap é para ser de um documento sucinto que apresenta os principais objetivos, datas e planos de ação relevantes para o desenvolvimento de um projeto. A sua organização responde de forma implícita às três perguntas:

  • Onde estamos?
  • Onde queremos chegar?
  • Como chegaremos?

Por isso, sua resolução é tão importante, pois deixa claro para o gestor e equipe o que esperar do que está sendo planejado. Um ponto importante é estruturar o documento de forma clara, para que todos possam compreender, já que esse é um dos objetivos do Roadmap, clareza de informações.

Independentemente do tipo de Roadmap que você está fazendo, de empresa ou de produto, é necessário que você tenha todas as fases de desenvolvimento do seu projeto neste documento. Como um bom roteiro, ele deve te auxiliar em todos os processos que irão acontecer.

A confecção do Roadmap irá depender mesmo de quem está o construindo. Ele pode ser feito de maneira manual, em uma folha de papel, utilizando post-it ou canetas, e também pode ser feito através de ferramentas online. Qualquer que seja a maneira que você decida fazer o seu, é importante que você prepare algumas coisas antes, como:

  • Linha do Tempo – Estipule um tempo, meses, semestres ou anos, para que suas estratégias sejam construídas em cima dos prazos que você definiu. Essas datas irão depender da complexidade do seu projeto, então o analise com cuidado.
  • Fases – As fases do seu Roadmap irão depender do tipo de documento que você está fazendo, mas é importante saber as ações que deverão ser feitas inicialmente, no desenvolvimento e no final do projeto. Por esse motivo, crie fases na qual o seu roteiro deve passar.
  • Equipes – Separe a equipe responsável pelo projeto, ou, se for um Roadmap de empresa, saiba quem são as pessoas que participam de cada setor do negócio. Delegar tarefas e colocar responsáveis ajuda na produtividade do grupo.
  • Tarefas – Para alcançar seus objetivos, é importante saber o que deverá ser feito para que ele aconteça. Por isso, faça uma lista com todas as tarefas que você terá que desempenhar, sem se importar com a hierarquização delas, já que isso será feito durante a construção do Roadmap.

Depois de seguir esses passos, você pode começar a desenvolver o seu roteiro. Para facilitar o seu entendimento, vou separar a construção do Roadmap em quatro partes:

  1. Validação
  2. Brainstorm
  3. Organização e Hierarquização
  4. Revisão

Confira abaixo:

1. Validação

A validação é o passo mais importante no desenvolvimento de uma ideia. Mesmo antes do desenvolvimento de um MVP, é importante fazer uma pesquisa com os seus potenciais clientes e ter certeza que a sua ideia tem relevância e é aplicável dentro desse mercado.

Para validar a sua ideia, primeiramente você deve analisá-la, junto a sua equipe ou sócios, de forma objetiva e levando em consideração todas as variáveis do mercado. Isso te ajudará a já começar a lapidá-la. O próximo passo é apresentar aos seus potenciais clientes e colher feedbacks, para só depois criar um MVP.

Digo que o MVP deve vir depois desses dois passos, pois, a criação de um, pode envolver altos gastos operacionais, e desenvolvê-lo para depois mudar a maioria de suas features básicas pode ser um grande desperdício de tempo e dinheiro.

Se você tem interesse em saber mais sobre a importância e como fazer a validação de uma ideia, te sugiro o nosso artigo “Como validar uma ideia antes do MVP”.

2. Brainstorm

Depois da validação, é hora de analisar as críticas e pensar em features que podem facilitar a vida dos seus potenciais clientes, respeitando os feedbacks colhidos.

É importante que todas as pessoas envolvidas no projeto tenham a oportunidade de participar desta etapa, pois diferentes percepções do projeto são muito importantes para o seu desenvolvimento.

3. Organização e Hierarquização

Esta é realmente a etapa em que você irá começar a organizar as ideias e construir o seu Roadmap. Para fazer toda a organização é necessário colocar em um documento (à parte) todas as limitações e características do seu projeto.

Você deve analisar os objetivos da empresa, o que os seus clientes esperam do seu produto e o limite orçamentário, para conseguir perceber quais são as ideias, que surgiram na etapa anterior, aplicáveis dentro do seu projeto.

Você pode usar os conceitos de Must Have e Nice to Have, ou a metodologia MoSCoW para priorizar as suas tarefas, por exemplo. Essas ferramentas irão te auxiliar na organização e planejamento das ações que devem ser feitas para o desenvolvimento do projeto.

Aliás, enquanto a metodologia MoSCoW te mostra quais tarefas devem ser priorizadas, o Roadmap faz uma espécie de roteiro a ser seguido para a conclusão dessas atividades. Então, podemos dizer que são ferramentas que se complementam dentro de um projeto.

4. Revisão

O mercado está em constante mudança, novas tecnologias e tendências surgem a todo momento, por exemplo, e todas essas variáveis podem influenciar diretamente o seu projeto. Dessa maneira, a revisão periódica do seu Roadmap é muito importante, para que o seu roteiro de atividades esteja sempre alinhado com as necessidades daquele período.

Roadmap O que é e como criar o eu Revise

Conclusão

Fazer um planejamento, além de te dar uma visão das variáveis existentes dentro e fora da sua empresa e te preparar para as possíveis alterações das tendências e tecnologias usadas no mercado, é também uma forma de resguardar o seu trabalho. Visto que você saberá as coisas que deve fazer e o que isso irá mudar no seu negócio.

O Roadmap então, vem como uma ferramenta para auxiliar no seu planejamento, te dando uma maior possibilidade de estruturação das suas tarefas e preservação dos pensamentos estratégicos que surgiram com as suas ideias.

Como vimos durante o texto, existem outras metodologias que ajudam a estruturar o Roadmap, o que nos mostra como essas ferramentas podem se complementar e trazer benefícios ao andamento e desenvolvimento da sua empresa. E é dessa forma que você deve encarar esses métodos, como aliados à gestão do seu projeto.

Links para Leitura

Ana Antunes

Especialista de Marketing na GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Estudante de Economia na UFJF, apaixonada por inovação e tecnologia.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by