As novas tecnologias encontram-se em todas as áreas e setores do nosso cotidiano. Inicialmente surgiram com uma simples função auxiliar, e com o tempo tornaram-se elementos essenciais da sociedade e do nosso dia-a-dia.

A união entre a tecnologia e os setores tradicionais produziu uma transformação digital e mudou a forma como nos relacionamos com esses mercados.

Um dos setores afetados por esse movimento, foi o setor imobiliário, que está traçando um caminho de sucesso entre os investidores.

Desenvolva a Solução que o seu Negócio precisa

O que é Proptech?

Proptech é o termo usado para definir a transformação digital que está ocorrendo no setor imobiliário. Seja nas mudanças tecnológicas para a prestação do serviço e também da mentalidade do setor imobiliário e de seus consumidores em relação aos movimentos e transações envolvendo edifícios e cidades.

Panorama do mercado global

O dinheiro que é investido nas novas startups, permite que essas empresas entrem rapidamente no mercado e derrubem barreiras de longa data. A captação de recursos por startups que atuam no setor imobiliário não é de forma alguma nova.

Embora o setor imobiliário esteja ciente do potencial da Proptech , sua implementação ainda é um pouco decepcionante. Principalmente pelo fato do setor ser um dos últimos a adotar soluções avançadas de tecnologia.

Porém, isso está começando a mudar. Em 2008, havia apenas US $ 20 milhões investidos em startups da Proptech, o que não é muito quando comparado a quase US $ 7 bilhões em 2018.

E isso não é tudo, o aumento das startups da Proptech provavelmente continuará, como uma pesquisa de 2018 sobre real comercial investidores de capital imobiliário revelaram que 31% dos entrevistados planejam investir em empresas de tecnologia Proptech e 26% desejam fazer parceria com empresas de tecnologia Proptech de uma maneira ou de outra.

Ao mesmo tempo, o número de negócios de tecnologia imobiliária em todo o mundo também tem aumentado consistentemente, totalizando 454 negócios em 2018.

Sem mencionar o valor médio desses negócios, que também tem aumentado constantemente, especialmente nos últimos anos, de US$3 milhões em 2014 para cerca de US $ 16,7 milhões em 2018 , para ser exato.

Ainda assim, as oportunidades para empresas com conhecimento digital são impulsionadas não apenas pelo tamanho do mercado, mas principalmente pela quantidade limitada de inovação tecnológica no momento.

Desafios e oportunidades no setor imobiliário

O setor imobiliário sempre foi visto como um setor conservador quando se trata de aplicar soluções inovadoras na prática. De fato, a Proptech é um movimento que surgiu a poucos anos atrás.

De acordo com o relatório PwC Emerging Trends in Real Estate Europe , o sentimento geral no setor imobiliário é bastante positivo. Ainda assim, as maiores preocupações dos investidores estão ligadas aos altos preços dos ativos de investimento, que também influenciam o risco crescente de investimentos equivocados e aos custos dessas operações.

E o setor imobiliário, assim como o da construção civil, são muito voláteis as oscilações econômicas. Com isso, dado a desaceleração econômica prevista para os próximos anos, é provável que essas questões se tornem grandes ameaças ao setor imobiliário em um futuro próximo.

O relatório da PwC também menciona o aumento dos custos de construção, mão de obra e materiais, como outra questão para o setor imobiliário. Infelizmente, à medida que a demanda por construção cresce, o mesmo ocorre com a oferta e a escassez de mão de obra .

Além disso, a produtividade do trabalho no setor de construção ainda parece baixa: globalmente, seu crescimento foi em média de 1% ao ano nas duas últimas décadas, comparado a 2,8% no total da economia mundial.

Para equilibrar esses custos, os investidores aumentaram as taxas de aluguel e os preços de compra nos últimos anos. Considerando a baixa eficácia dos processos de construção em geral, sua otimização e digitalização podem realmente fazer a diferença para todo o setor.

Há alguns anos, muitos setores e empresas têm se preocupado cada vez mais com a experiência de compra dos clientes. E o setor imobiliário não é diferente, pois as expectativas dos clientes começaram a mudar a maneira como as propriedades são construídas, projetadas e arrendadas.

Na verdade, os proprietários se esforçam para planejar e gerenciar o espaço disponível com mais eficiência, não apenas para cortar custos, mas também para garantir melhores condições de vida e trabalho.

Além disso, para atender melhor seus clientes, eles também oferecem muita flexibilidade, por exemplo, aluguel de curto prazo ou modelos de pagamento conforme o uso, e vantagens adicionais, como descontos em software e serviços offline.

Principais tendências tecnológicas

O ecossistema que estrutura o setor imobiliário é diverso. Em um Report realizado pela Distrito, as startups desse setor são divididas em 8 categorias, que vão desde portais online para a oferta de imóveis e produtos de decoração à software de dados e precificação.

As diversas pesquisas disponíveis e as tendências tecnológicas atuais possibilitam que muitas ideias surjam a todo momento. A medida que mais empresas capitalizam em inovação tecnológica, algumas tendências de tecnologia já estão se tornando realidade.

Big data

A coleta e análise de dados está permitindo que as empresas inseridas no mercado imobiliário tomem decisões mais informadas e baseadas em dados, especialmente quando se trata de investir em propriedades, e no gerenciamento das mesmas.

Isso não surpreende, pois as ferramentas analíticas estão se tornando cada vez mais disponíveis e acessíveis para serem usadas na gestão dos negócios.

Com isso, as empresas agora podem usar os dados para encontrar oportunidades atraentes de investimento, bem como para armazenar e acessar informações sobre vários aspectos de suas propriedades, como o histórico, custo de propriedade, valor atual, detalhes do bairro ou previsão estimada de avaliação futura.

Economia sob demanda

Para manter a satisfação do cliente, as empresas de todos os setores estão se esforçando para oferecer uma experiência de usuário perfeita e personalizada de acordo como perfil e necessidade de cada um.

Felizmente, a Proptech tem o poder de atender às expectativas daqueles clientes com uma mentalidade de aqui e agora. Por exemplo, os mercados imobiliários já possuem plataformas digitais que permitem pesquisar on-line por propriedades para construir, comprar, vender ou alugar com facilidade.

Eles têm um potencial incrível para economizar tempo e dinheiro, sem mencionar processos de racionalização que são fundamentais para a indústria. A crescente popularidade desses mercados cria um mercado imobiliário sob demanda que se alinha às expectativas dos clientes atualmente.

Edifícios inteligentes e gerenciamento de propriedades

As tecnologias inteligentes de construção são, na verdade, nomeadas uma das inovações mais disruptivas pelas quais a Proptech é responsável . Há algum tempo, a Internet das Coisas é usada para ajudar a monitorar e melhorar as condições de vida e de trabalho, especialmente quando se trata de economia de energia.

Como a experiência do cliente está sendo bastante enfatizada, as soluções de IoT estão se tornando mais avançadas. Isso, por sua vez, torna o gerenciamento inteligente de propriedades um diferencial competitivo para proprietários e gerentes de propriedades.

Aplicações Móveis

O gerenciamento inteligente de propriedades não seria tão fácil e acessível sem a tecnologia móvel. Existem muitas startups da Proptech que giram em torno de aplicativos móveis, permitindo que seus usuários mantenham um olho em suas propriedades e permaneçam conectados onde quer que estejam.

Quando se trata de espaços de coworking e moradia para estudantes, os aplicativos móveis também podem ajudar os inquilinos a aproveitar as instalações disponíveis, gerenciar suas contas ou até pagar aluguel, o que torna os pagamentos muito mais fáceis e mais oportunos para os inquilinos e os proprietários.

Como os profissionais que atuam nesse setor devem agir?

Um levantamento realizado pelo portal especializado em troca de imóveis pela internet Permutando, revelou alta de mais de 300% na procura pela modalidade em um ano.

De acordo com o estudo, realizado entre setembro de 2018 até agosto de 2019, por meio do cruzamento de dados e questionário de pesquisa, cerca de 81%, revelou que o principal motivo pela buscas online é a demora na hora da venda.

Em resumo, é visível que a mudança é real e inevitável e ocorrerá com ou sem profissionais do setor imobiliário. Porém, não há motivo para temer essas futuras mudanças, tudo o que você precisa fazer é adotá-las e continuar trabalhando com seus clientes, atuais e futuros.

Todos os profissionais precisarão se adaptar às novas tecnologias que irão surgindo na sua área de atuação. Veja algumas dicas de como conseguir se manter sempre no topo, e não ficar obsoleto em meio à tantas novidades que surgem.

  • Acompanhe as novidades do setor : leia sites especializados regularmente. Quanto mais informado você estiver, melhor será sua capacidade de antecipar mudanças no mercado e atender às necessidades de seus clientes onde quer que eles estejam.
  • Invista : invista em equipamentos e ferramentas de marketing para manter-se atualizado no que diz respeito à tecnologia. Aposte em alguma plataforma online, que lhe permita tanto realizar seus atendimentos a distância, como aumentar sua base de clientes.
  • Experiência : Teste novas táticas e descubra quais são bem-sucedidas. Acompanhe empresas que publicam na área e profissionais no qual você possa se espelhar.
  • Inovar : Sempre pensa em como você pode melhorar a maneira como trabalha ou a satisfação do cliente. Isso garantirá que você permaneça competitivo no mercado, não importa o que aconteça por causa da PropTech. Observe quais as suas principais necessidades e em como você pode melhorá-las.
  • Trabalhe em seu valor agregado : Tente responder à pergunta: “Por que os clientes me escolheram?” Depois de formular as respostas, não deixe de entregá-las de forma consistente, para que os clientes não desejem ir a outro lugar.
  • Mantenha contato com seus clientes : Faça o possível para manter a sua base de clientes. Peça feedback aos seus clientes de como você poderia facilitar para atendê-los. A melhor maneira de melhorar a satisfação do cliente é atender às necessidades de seus clientes.
  • Acompanhe as gerações mais jovens : mantenha a mente aberta e atenta às mudanças nos padrões de consumo. Gerações mais jovens serão os novos consumidores de amanhã.

E, não se esqueça, a chave é manter-se atualizado e evitar negação . Hoje, como profissional imobiliário, com uma carteira de clientes, você está na melhor posição para conhecer e antecipar suas necessidades. Inovação e tecnologia não terão sucesso se não atenderem às necessidades dos clientes.

Portanto, se seus clientes estão satisfeitos, a tecnologia e a inovação não são necessárias . Cabe a você atender às necessidades de seus clientes. A tecnologia é apenas um meio para um fim.

Conclusão

O futuro da Proptech parece promissor e difícil de prever, pois elas estão apenas começando a causar impacto. Mas uma coisa é certa, o futuro do setor imobiliário está mais próximo do que imaginamos, devido a alta de investimentos voltados para esse setor.

As tendências emergentes da tecnologia já estão dando a todas as empresas imobiliárias a chance de minimizar custos e riscos ao administrar um negócio, sem mencionar que os serviços habilitados por tecnologia podem melhorar a experiência do inquilino e, assim, promover o relacionamento com os clientes.

Links para Leitura

Eduarda Terra

Especialista de Marketing na GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Estudante de Economia na UFJF.