Siga-nos nas redes sociais

Muito se fala em inovação dentro do atual cenário do mercado. As empresas estão, a cada dia mais, se mostrando abertas para métodos que estimulam a criatividade e abrem portas para o desenvolvimento de ideias inovadoras.

Entretanto, mesmo com toda essa cultura da inovação entrando dentro do mercado, muitas organizações não estão demonstrando resultados satisfatórios, em comparação com os seus investimentos na causa.

Uma comprovação disso é que já existem dados mostrando que empresas globais estão diminuindo seus investimentos na área, por não conseguirem gerenciar a Inovação de maneira estratégica e não conseguirem conectá-las de forma efetiva ao negócio.

Neste Conversando com o C-Level, Daniel Antunes, CEO da GoBacklog, traz alguns pontos importantes a respeito da execução de ideias inovadoras dentro das empresas. A inovação não pode ser só de fachada, e para que ela aconteça, é necessário uma mudança de comportamento.

Ou seja, não adianta fazer um alto investimento na parte de processos, sem investir em tecnologia, em profissionais especializados, que realmente entendam e consigam colocar tudo aquilo que foi pensado em prática. É preciso transformar as ideias em resultado para a empresa.

Muitas empresas parecem inovadoras, mas não são!

Muitas empresas se dizem inovadoras, porém, na hora de colocar em prática a inovação, principalmente na área tecnológica, elas demonstram que não são. Mas, na verdade, é muito mais importante você ser do que parecer.

Isso acontece porque muitos empreendedores contratam consultores seniors, mega experientes, para reverem processos do seu negócio, fazerem Design Thinking, colocar diversos post-its na parede, criar quadros e ideias, mas, na hora de executar e tirar os post-its do lugar, contratam mão de obra desqualificada e que não consegue executar todas as ideias e levar a empresa para frente.

Ou seja, não adianta fazer um alto investimento na parte de processos, sem investir em tecnologia, em profissionais especializados, que realmente entendam e consigam colocar tudo aquilo que foi pensado em prática. É preciso transformar as ideias em resultado para a empresa.

Por exemplo, atualmente, muitas empresas investem em viagens para o Vale do Silício. Porém, fazer essa viagem, sem que tenha uma pessoa realmente focada em executar de forma consciente esses projetos inovadores, é transformá-la em apenas turismo e não em um trabalho inovador.

Ao tentarem parecer inovadoras, as empresas investem neste tipo de ação, quando na verdade o investimento acaba saindo alto demais, pois o foco está no marketing e não na execução da inovação.

Como fazer com que a Inovação seja feita de forma plena?

Para que as empresas consigam inovar de forma plena, buscando trazer resultados efetivos, elas devem usar ferramentas de inovação, como Design Thinking e outras existentes no mercado, mas é primordial que elas busquem focar na execução.

Ideia não nasceu para ficar na gaveta. Existem diversas empresas que possuem várias ideias de inovação, muito legais, que trariam um grande diferencial, mas que não executam o que elas pensaram. Ter diferencial competitivo é o que mantém as empresas no mercado, e para que o empreendedor consiga manter o seu negócio, é preciso investir em pessoas eficientes, equipes experientes e em tecnologia, pois dessa maneira os resultados virão.

Se isso não acontecer, todo o trabalho de Inovação será feito através de altos investimentos, sendo que na verdade o resultado é só em busca de ego e de parecer inovador. Quando as empresas revertem esse pensamento e buscam fazer com que os projetos inovadores sejam tirados do papel, os resultados aparecem, e o retorno é alto.

Então, para ser pleno em inovação e conseguir trazer resultados de verdade, você deve usar as ferramentas certas, contratar as pessoas certas e, principalmente, investir muito em tecnologia. Só assim você conseguirá acelerar e escalar, cada vez mais, a sua empresa.

Links para leitura

Ana Antunes

Especialista de Marketing na GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Estudante de Economia na UFJF, apaixonada por inovação e tecnologia.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by