• As inovações tecnológicas no mercado da saúde se mostram promissoras, porém é um mercado ainda em busca de grande disrupção.
  • Muitos dos gestores da área possuem dificuldade em enxergar a saúde como um negócio, o que limita a adoção de novas tecnologias.
  • A aplicação de conhecimentos e habilidades em forma de dispositivos, medicamentos, procedimentos e sistemas desenvolvidos para resolver um problema de saúde melhoram a eficiência do serviço médico.

Inovações tecnológicas impactam nossas vidas de forma irreversível, influenciando até mesmo o modo como cuidamos da saúde. Um exemplo disso são as Health Techs, empresas com propostas inovadoras e que prometem muitas soluções nessa área.

Esse segmento de tecnologia implantada na saúde dominou o mercado, e a estimativa é que ele continue crescendo nos próximos anos. A revolução trazida pelas Health Tech englobam várias áreas e inclui soluções farmacêuticas, sistemas de organização utilizados na atenção médica e diversos softwares de gestão para as empresas.

Veja como essas novas empresas estão se estabelecendo no mercado, e quais as novas tendências para o setor.

Health Tech A evolução no Setor de Saúde através da Tecnologia

O que é Health Tech ?

Segundo a WHO (World Health Organization), Health Tech é o termo que define a aplicação da tecnologia em saúde. Esse segmento tem sido o responsável por implementar novas tecnologias no setor, trazendo soluções para otimização dos processos de gestão, soluções tecnológicas para a prevenção e diagnóstico de doenças, melhoria na qualidade de vida e acessibilidade aos serviços de saúde.

Panorama do mercado

O mercado de Health se divide em três principais objetivos: prevenção, tratamento e diagnóstico. As novas tecnologias implementadas vem revolucionando não apenas o atendimento direto ao paciente, como também a gestão das empresas, através de novas plataformas e modelos de negócios.

O uso da tecnologia em saúde, apesar de recente, já possui um impacto significativo na consolidação desse novo setor. Como apresentado no gráfico abaixo, elaborado pela Distrito, o capital investido nas Health Techs em 2017 teve um salto de aproximadamente 29% em relação ao ano anterior:

Health Tech A evolução no Setor de Saúde através da Tecnologia-Panorama de mercado
Fonte: Startup + Health

E a tendência global é que esse setor continue apresentando taxas positivas de investimento. De acordo com o Global Health Care Outlook 2019, os gastos com saúde no mundo devem crescer cerca de 5,4% ao ano até 2022.

No Brasil, uma pesquisa realizada pela revista Medicina S/A mostrou que cerca
de 85% dos hospitais projetavam destinar verbas para recursos digitais, de inteligência artificial e outras áreas ligadas a softwares, hardware e serviços de tecnologia e comunicação, no ano de 2019.

Ou seja, as empresas já entendem que esses avanços tecnológicos vêm se tornando as principais tendências dos negócios atuais, uma vez que a inovação facilita a oferta de seus serviços.

Essa crescente demanda por tecnologia vêm atraindo a atenção de outros setores relacionados à inovação. Os fundos de investimento por exemplo, também estão com o olhar atento para as Health Techs, como dito por Romero Rodrigues, diretor administrativo da Redpoint:

Nos últimos três anos, as fintechs foram moda. Agora elas estão em um momento de consolidação. […] As próximas serão as Health Techs.

Podemos considerar o Brasil um mercado em potencial para que as empresas possam investir nas Health Techs. Segundo dados da Startupbase, o Brasil mapeou, no ano de 2019, mais de 400 startups que oferecem serviços de saúde, o que corresponde a cerca de 3,79% da parcela total do mercado

Com o mercado aquecido, surgem cada vez mais oportunidades para o desenvolvimento de novos negócios. Assim como os outros mercados “techs”, o setor de saúde possui as mesmas características para se impulsionar com novas soluções inovadoras.

Como a tecnologia é aplicada no setor?

Os avanços da tecnologia aplicada à saúde tem trazido vários benefícios para os profissionais na área, e para para isso diversas tecnologias têm sido implementadas

  1. Big Data
  2. AI e Robótica
  3. Tecnologia Mobile
  4. Ecommerce
  5. Telemedicina
  6. Wearables
  7. Controle e qualidade

1. Big Data

A incorporação do Big Data, por exemplo, é uma das principais soluções da tecnologia da informação para a análise de dados. Com sua aplicação é possível identificar os fatores de riscos, recomendar prevenções, além de possibilitar a detecção de epidemias ou novos tratamentos.

Ela possibilita que o setor use a análise antecipada dos dados e se mantenha no topo das tendências e tecnologias, ou seja, é possível identificar padrões do usuário para definir regras de funcionamento de software e sistemas.

Fato que é confirmado por Maurício Passos, diretor Neoway Health:

É possível criar modelos preditivos com a unificação de bases assistenciais de diferentes unidades, contribuindo para otimização de recursos e melhoria do desempenho assistencial.

Sua aplicação se expande aos negócios, pois a análise de dados permite que a tomada de decisão seja tomada com mais assertividade. Dessa forma, a empresa consegue otimizar seus recursos ao focar nos investimentos certos.

No Brasil, uma exemplo do uso dessa tecnologia é o DATASUS, uma base de dados do governo que possui um conglomerado de informações extraídas do sistema nacional de saúde pública, como índices de mortalidade e sobrevivência de pacientes.

Ele tem como objetivo fomentar análises relacionadas à qualidade da saúde pública. Seus dados são utilizados como suporte na tomada de decisão para a elaboração de programas do governo, tornando as políticas mais amplas e determinantes na resolução dos problemas.

2. AI e Robótica

A natureza do trabalho está se tornando cada vez mais automatizada. Tecnologias como a inteligência artificial, computação cognitiva e robótica, se tornam cada vez mais uma realidade que caminha para o diagnóstico e tratamento de doenças com base na aprendizagem de máquinas.

A consultora de negócios Frost & Sullivan, prevê que o faturamento global seja cerca de US$6,7 bilhões em 2021 para sistemas de inteligência artificial. Para análise comparativa, em 2015 o faturamento foi de US$811 milhões.

A inteligência artificial representa uma verdadeira revolução na personalização da saúde e aproximação com os pacientes. Portanto, adequar-se à nova realidade é vital para a sustentação e crescimento de negócios em saúde.

Health Tech A evolução no Setor de Saúde através da Tecnologia-AI e Robotica

3. Tecnologia mobile

Atualmente, umas das ferramentas que mais facilitam a vida das pessoas é o uso da internet. O que pode ser verificado em uma pesquisa do Instituto Ipsos e do London School of Economics, que mostrou que um a cada dez brasileiros usam a internet para procurar informações sobre sua saúde.

Dado que hoje mais de 50% das pesquisas realizadas são feitas pelos celulares ou tablets, podemos associar a tecnologia mobile como uma das grandes aliadas aos negócios da saúde.

As novas ferramentas que estão sendo utilizadas facilitam desde a solicitação de consultas médicas, o check-in, o upload do histórico médico de um paciente e a obtenção de resultados de testes por meio de um aplicativo móvel.

Portanto, as novas organizações de saúde estão criando ferramentas digitais úteis que são perfeitas para o paciente moderno.

Lançada em 2015 no Brasil, a Docway, é uma plataforma online que tem o objetivo de intermediar consultas médicas com a nova abordagem de uberização dos serviços. O agendamento é feito online e o médico vai até a sua residência realizar a consulta. Segundo Fábio Tiepolo, fundador e CEO da empresa:

As pessoas entenderam a nova proposta e aprovaram o novo formato de trabalho.

Em 2017, a empresa ganhou seu primeiro prêmio nacional ao ser condecorada na quarta edição do prêmio “Líderes da Saúde”, evento que procura homenagear grandes players que se destacaram no setor da saúde durante o ano.

Os aplicativos podem ser usados tanto pelos pacientes, como por quem presta o serviço. De acordo com um estudo realizado pela Mayo Clinic, o uso de aplicativos voltados ao controle de parâmetros médicos pode reduzir em 40% a readmissão hospitalar.

Outro exemplo se trata do aplicativo digiSUS, que foi criado pelo governo com o objetivo de agilizar os atendimentos e melhorar o fluxo de informações dentro desse setor. Ele permite aos usuários marcarem consultas médicas, exames e vacinas na rede pública da saúde brasileira.

Portanto, a utilização desses aplicativos podem ser uma das principais ferramentas do avanço tecnológico na saúde, visto que atualmente é a ferramenta de maior engajamento das pessoas.

4. E-commerce

Com o crescimento do e-commerce, está cada vez mais fácil começar um negócio rapidamente com um baixo investimento. Os benefícios são claros: um negócio mais dinâmico, com menos gasto de tempo e mais otimização.

Um levantamento realizado pela Webshoppers, mostrou que os e-commerce voltados para saúde e bem estar tornou-se, em volume de pedidos, campeões dos segmentos entre as lojas online.

Essas novas empresas trazem soluções para compra e entrega de produtos farmacêuticos, de beleza e equipamentos no geral. Sendo que alguns já incluem até mesmo serviços de assinatura.

Segundo Bruno de Oliveira, fundador do Ecommerce na Prática, a tendência é que o segmento de saúde continue a se desenvolver durante os próximos anos:

Hoje vivemos a geração saúde, a preocupação com o corpo e a mente é cada vez maior.

No primeiro semestre de 2018, a categoria de saúde e bem-estar foi responsável por 15% do volume de pedidos on-line feitos no Brasil. Trata-se de um crescimento de 33% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Uma das principais vantagens que um e-commerce traz é a otimização do espaço físico e a facilidade de ofertar uma maior variedade de produtos.

Além disso, há também a facilidade de mensurar as variáveis métricas, como o resultado de uma campanha de marketing digital ou o número de acesso à sua página, fazendo uso de ferramentas simples como o Google Analytics ou o Facebook Ads.

Estudando suas métricas você deduz se suas estratégias estão sendo eficientes, aumentando a probabilidade de vender mais e otimizar seus resultados.

Health Tech A evolução no Setor de Saúde através da Tecnologia-Ecommerce

5. Telemedicina

Apesar de ser um tema que já esteve em meio a inúmeros debates, é uma realidade que se torna cada vez mais palpável.

A essência da telemedicina é que por meio de videoconferências, médicos consigam realizar consultas remotas com o mesmo rigor de uma consulta presencial, para dar um diagnóstico ou até mesmo para avaliar as variáveis clínicas do paciente.

Associada à análise de dados do paciente, como histórico médico de saúde, a telemedicina pode gerar resultados muito precisos e com custo muito reduzido.

Um exemplo é um portal criado pelo estado da Bahia chamado Telessaúde, que oferece consultas, diagnósticos, além de conteúdo informativo aos usuários. Um dos destaques é a teleconsultoria em formato mobile friendly, que facilita o acesso dos profissionais na oferta dos serviços.

7. Wearables

As tecnologias wearables foi uma inovação eficaz para proporcionar maior comodidade aos seus usuários. Entre os modelos de wearable os mais comuns são, relógios, pulseiras e dispositivos acoplados em roupas.

Inicialmente, eles tinham o objetivos simples como o acompanhamento de atividades físicas através dos batimentos cardíacos. Porém, o avanço nas telecomunicações abriram as portas para novas tecnologias.

Hoje esses equipamentos possuem circuitos em miniatura, função de microcontroladores e transmissão wireless de dados, além de sensores que normalmente são integrados em um sistema de redes.

Implementado pelo advento da computação em nuvem, vários sistemas agora podem ser aprimorados com facilidade e sem a necessidade de instalação, diminuindo o alto custo de manter as redes de monitoramento.

De acordo com dados do IDC, as vendas de wearables cresceram no Brasil cerca de 51,6% no primeiro trimestre de 2019. Ao que tudo indica é uma das categorias que estão ganhando mais projeção no Brasil e no mundo.

8. Controle de qualidade dos produtos

O Brasil foi considerado, no ano de 2017, o sexto maior mercado farmacêutico no mundo, com expectativas de chegar em 2022 à quinta posição, segundo informações reunidas pelo Interfarma.

O enorme volume de produtos que circula diariamente exige um controle de qualidade, que hoje conta com o apoio de tecnologias avançadas. Mais do que auxiliar na análise dos produtos e contribuir para que os especialistas verifiquem se está tudo de acordo com as normas , as tecnologias podem ajudar a evitar erros.

Atualmente, existem sensores de temperatura e umidade que são conectados a internet, e ao sinal de qualquer alteração alertas são enviados aos responsáveis. Além do acompanhamento em dashboards feito por qualquer aparelho, todas essas variações são armazenadas podendo ser posteriormente acessadas.

Essa tecnologia é aplicada no Brasil pela startup Nexxto, ela oferece um sistema de rastreamento, controle de gestão através da tecnologia de identificação por RDFI, desde o hardware necessário para o monitoramento de equipamentos, até o software de gestão dos itens.

A empresa vê um bom potencial de investimento em tecnologia no país, principalmente por estarmos em um momento econômico que força as empresas a buscarem ganhos de eficiência através da automação de processos.

Health Tech A evolução no Setor de Saúde através da Tecnologia-Controle de qualidade dos produtos

Desafios e oportunidade para novos negócios

Para muitos, a lógica do empreendedorismo é inversa: quanto maior o problema maior a oportunidade de negócio. Se assim for, não existe setor mais fácil para empreender. Como as tecnologias estão cada vez mais acessíveis, o leque de possibilidades de transformar a indústria da saúde está aumentando.

No entanto, para muitos gestores da área, ainda é um desafio enxergar suas organizações como negócios. Grande parte ainda detém uma ideia de que uma visão mais voltada ao business não pode combinar com clínicas, hospitais ou farmácias, o que acaba limitando o desenvolvimento de estratégias.

Mas ao mesmo tempo que as inovações tecnológicas podem ser desafiadoras, essas soluções são indispensáveis para os novos modelos de gestão. O investimento em tecnologias adequadas à realidade de cada negócio não só torna as rotinas dos profissionais mais fáceis, como contribui para a sustentabilidade econômica da organização.

Diante da rapidez com que as transformações ocorrem e do impacto causado por essas mudanças, os desafios dos gestores podem ser amenizados a partir da aceitação da tecnologia neste campo.

Um levantamento da TNS Reasearchs indica que as organizações que destinam recursos a inteligência de dados, Big Data e Tecnologia Mobile tendem a aumentar suas receitas em até 53% a mais do que aquelas que não o fazem.

Mas, para isso, é importante que os empreendedores que desejam os melhores resultados para seus novos negócios busquem o apoio e o interesse de agentes alinhados ao seus. Assim, é possível trabalhar em conjunto para levar o negócio a um desenvolvimento sustentável.

Com as transformações que são esperadas nos próximos anos e para que seja possível dar sustentabilidade a todo seu ciclo, as incubadoras e programas de captação de recursos para startups podem ser algo positivo neste cenário, já que são programas voltados à inovação tecnológica.

Conteúdos sobre Health Tech

Alguns sites e Blogs se dedicam a produzir conteúdos especializados no segmento Health e, principalmente, voltados para a área de Inovação Tecnológica no setor. Separamos para vocês alguns produtores de conteúdos que falam sobre o panorama do mercado e sobre inovações relacionadas à saúde:

Conclusão

As oportunidades para moldar esse futuro nunca foram tão promissoras, de acordo com dados do IDC, empresa global de inteligência de mercado, até 2021 cerca de 20% das organizações de saúde terão alcançado de 15 a 20% de ganhos de produtividade por meio da adoção da tecnologia artificial.

Esses são apenas alguns exemplos entre vários avanços que as Health Techs têm trazido para o setor. Em geral, já é possível notar o grande avanço do mercado e as diversas otimizações dos processos e benefícios que as tecnologias digitais podem levar para especialistas da área e também para os pacientes.

Há muito o que se fazer ainda, principalmente o estímulo a um sistema que permita as grandes empresas compartilharem seus conhecimentos e visões de mercado, auxiliando assim as Health Techs a crescerem e, consequentemente, contribuírem com melhorias nos sistemas de saúde.

Links para Leitura

Fintechs: O que são e como revolucionaram o mercado financeiro
Ativos Tecnológicos: Quando vale a pena investir?
Os 5 Diferentes Tipos de Inteligência para Aplicar em sua Empresa

Eduarda Terra

Especialista de Marketing na GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Estudante de Economia na UFJF.