Siga-nos nas redes sociais

Entender qual é a diferença entre gerenciamento de projetos de software e de infraestrutura é fundamental para que seus projetos sejam concluídos com mais qualidade. Por isso, neste post, você entenderá como funciona cada tipo e quais são as principais diferenças entre eles.

Pronto para aprender mais sobre como lidar com esses tipos de projetos? Boa leitura!

O que é gerenciamento de projetos de software?

A gestão de projetos pode ser definida como um conjunto de práticas para guiar a equipe a trabalhar de forma produtiva, compreendendo métodos e tarefas para identificar a sequência de execução e cada dependência existente. Além disso, permite o rastreamento das atividades executadas.

Esse tipo de gestão lida com as atividades para assegurar que o sistema seja entregue no prazo definido e esteja de acordo com os requisitos estabelecidos.

Isso é importante, uma vez que o desenvolvimento está sujeito a questões de qualidade, orçamento disponível e tempo para a realização. Por isso, uma boa prática é fazer com que o desenvolvimento seja orientado para as funcionalidades desejadas.

Além disso, deve-se garantir que a sua implementação seja feita de maneira adequada. Também é essencial para que todas as pessoas envolvidas tenham acesso às informações de que precisam. Com ela, erros e inconsistências podem ser encontrados o mais rápido possível.

O que é gerenciamento de projetos de infraestrutura?

Por outro lado, o gerenciamento de projetos de infraestrutura é um conjunto de práticas e estratégias para fazer com que seu negócio tenha maior capacidade de gerenciar as equipes durante cada projeto interno. Com ele, você poderá fazer com que todas as etapas contem com mais eficácia.

Sabendo quais são as tecnologias e equipamentos que podem aumentar a qualidade e a velocidade dos seus serviços (além da gestão de tempo), a chance de os seus projetos terem êxito é maior.

Com isso, você terá a oportunidade de fazer com que seus processos aconteçam com mais qualidade, economia e rapidez. Dessa forma, as necessidades da sua própria equipe e dos seus clientes serão atendidas de forma plena.

Além disso, o gerenciamento é útil para gerar um maior crescimento da organização, tanto interna quanto externamente. Para que isso funcione, a equipe procurará soluções para os principais problemas, procurando corrigir dificuldades estruturais, além de criar soluções para que os colaboradores tenham mais eficácia em suas tarefas.

Quais são as maiores diferenças entre eles?

Veja algumas das principais diferenças entre os dois projetos:

Definição de escopo

Um dos grandes desafios na separação está na definição do escopo. Pode ser mais fácil visualizar a montagem da infraestrutura de TI, contando com todos seus componentes físicos, desde os roteadores até os data centers, com salas de cofre e ar-condicionado.

A definição do escopo do desenvolvimento de sistemas é mais difícil. Ainda que existam diversas aplicações possíveis, o cliente nem sempre consegue imaginar os detalhes, fazendo com que as áreas de pré-venda e implementação tenham mais dificuldades em entender o que o cliente deseja.

É comum, por exemplo, ver algumas empresas, como a Microsoft, que tem experiência de décadas, na implementação de ERP. Entretanto, dificilmente, os projetos dessas instituições seriam implementados sem modificações.

Formação do time

Quanto à infraestrutura, os profissionais normalmente têm carreiras estáveis. Por outro lado, os de sistema têm carreiras mais instáveis, o que acontece pela grande demanda do mercado e pelas mudanças corriqueiras de tecnologia. Com isso, é comum que os custos do projeto aumentem, bem como os prazos para conclusão.

Na fase de encerramento, também é possível verificar diferenças. Na infraestrutura, há mais dificuldades para alterações de escopo após a conclusão do projeto, uma vez que isso aumentaria muito os custos. No caso dos softwares, porém, a necessidade de incluir novas funcionalidades pode fazer com que existam muitas alterações. As mudanças podem ir de uma alteração no layout até modificações mais profundas.

Agora que você sabe qual é a diferença entre gerenciamento de projetos de software e de infraestrutura, está pronto para fazer as melhores escolhas. Lembre-se sempre de que, embora os termos possam ser parecidos, eles têm diferenças importantes.

Quer receber mais dicas como essas? Então, não perca mais tempo: assine nossa newsletter agora mesmo!

William Oliveira

Sócio e Diretor de Operações da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de projetos digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor e Engenheiro de Software, já passou por grandes como Dafiti e Rocket Internet, onde morou na Alemanha e conheceu o gigante mercado de startups e sua cultura. Conta com mais de 10 anos de experiência, sendo 4 deles no Vale do Silício, onde ajudou a criar um produto do zero.
Fechar