Siga-nos nas redes sociais

UX Design é uma ciência que pensa em criar uma relação agradável, simples e natural de seus produtos e canais com os usuários. Usá-lo em sua estratégia é uma poderosa forma de se diferenciar dos concorrentes e aumentar o número de conversões do seu negócio.

Neste artigo, você verá quais são os erros mais comuns cometidos por desenvolvedores e como uma empresa especializada pode ajudá-lo a transformar sua ideia em um bom projeto digital. Boa leitura!

Confira os 5 erros mais comuns de UX Design

Embora muitos desenvolvedores estejam preocupados em proporcionar uma boa experiência para os usuários, muitos erros ainda são cometidos, dificultando que a empresa tenha resultados melhores. Veja, então, quais são os 5 erros mais comuns e como corrigi-los.

1. Falhas em testes A/B

Para que seus testes A/B sejam feitos com precisão e obtenham os resultados corretos, você deve se lembrar de que apenas uma variável precisa ser modificada por avaliação. Dessa maneira, você saberá que a mudança realizada foi responsável pelos novos resultados.

Outro problema comum é verificar os resultados muito cedo. Há quem faça suas conclusões após duas horas de teste. Isso não é interessante, uma vez que a amostragem de usuários ainda será pequena e haverá possibilidade de interferências momentâneas.

Entre elas, podemos citar um aumento não esperado de visitantes, que não têm o perfil da sua empresa, vindos da popularização de uma palavra-chave, por exemplo. Dessa maneira, tente esperar por, pelo menos, duas semanas antes de tirar suas conclusões.

Procure, também, enviar as alterações em horários iguais. Caso contrário, seu teste terá mais uma variável: o horário da publicação. Desse modo, parte do público pode receber suas mensagens enquanto estão em seus momentos de lazer, podendo aumentar a conversão, enquanto a outra está no trabalho e terá menos facilidade para abrir seus e-mails.

2. Forçar usuários a realizarem um cadastro

Incentivar os usuários a se cadastrarem em seu site é uma ação importante. Desse modo, você aumenta sua base de leads, que é responsável por criar um relacionamento mais íntimo entre a empresa e o consumidor.

Entretanto, o excesso disso poderá ter um efeito negativo. Em vez de os usuários desejaram se cadastrar na sua página e receber notícias e conteúdo, eles vão querer sair do seu site ou e-commerce, uma vez que a experiência do usuário fica comprometida.

Por isso, lembre-se sempre de não ser chato ao oferecer suas páginas de cadastro e ofertas. Saiba reconhecer quando, naquele momento, o internauta não está preparado para o passo desejado por você.

3. Deixar de otimizar suas páginas para mobile

Atualmente, oferecer conteúdos otimizados para dispositivos móveis é parte de uma estratégia completa de UX Design. Isso fará com que os usuários tenham uma melhor experiência de uso, não necessitando utilizar o efeito lupa (para aumentar ou diminuir a fonte) a todo momento.

Mais do que isso, aperfeiçoar suas páginas também significa entender quais são os itens mais relevantes para seu usuário. Como a tela dele é pequena, o excesso de informação pode confundi-lo e fazer com que ele não encontre as informações que deseja.

Por isso, exiba apenas os blocos de conteúdo que sejam relevantes para seu público naquele momento. Se você quiser dar a opção para complementar a informação passada, é interessante inserir algum botão para que ele tenha acesso ao conteúdo completo.

4. Interface confusa

Toda interface do seu site deve ser desenvolvida de forma lógica e organizada, isto é, cada elemento precisa ser incluído por um motivo concreto. É comum, porém, que os desenvolvedores insiram informações apenas para a página ficar mais completa ou bonita, ainda que os blocos de informação não tenham nenhuma relação entre si.

Para começar, defina quais são as informações mais importantes para seu usuário, bem como os produtos que você deseja vender ou tenham uma grande adesão por parte dos consumidores. Esses são os tipos de conteúdo que você precisa dar destaque em suas páginas.

Além disso, elas devem estar organizadas de maneira previsível. Isso significa que o usuário não pode ter dificuldades para encontrar o que ele precisa. Lembre-se de que uma página não é um quebra-cabeça ou um jogo para encontrar informações. Caso o internauta demore mais tempo do que ele julgue ideal para encontrar o que quer, fatalmente ele sará da página e ficará insatisfeito com a experiência que teve em seu site.

5. Falta de legibilidade dos textos

Um elemento básico, mas muito esquecido pelos desenvolvedores de páginas é a harmonia do design com a facilidade de leitura. Deve-se fazer com que as cores do template criado facilitem a leitura dos usuários.

Além disso, você também precisa se preocupar com as fontes e os tamanhos escolhidos para as letras. Caso uma fonte muito diferente seja utilizada, os usuários poderão ter dificuldade em ler seu conteúdo e ficarão insatisfeitos com a visita ao seu site. Se as fontes forem pequenas, até mesmo um usuário sem problemas graves de visão terá dificuldades para ler seu conteúdo.

Pense sempre que um internauta com complicações para ler, identificar conteúdos ou concluir processos dificilmente fará uma compra ou desejará ter um relacionamento duradouro com sua marca.

Veja a importância de contar com o auxílio de uma empresa especializada

Para ajudá-lo em todo o processo de desenvolver um projeto voltado à experiência dos usuários, é interessante contratar uma empresa especializada. Ela possui a experiência e o know-how para auxiliá-lo nas suas criações.

Esse tipo de empresa pode ser útil na:

  • segmentação do seu público;
  • criação de testes A/B confiáveis e com conclusões interessantes;
  • adaptação do seu sistema para dispositivos móveis;
  • organização e disposição dos conteúdos da sua página;
  • proposta de ideias de canais de atendimento (como chatbots);
  • elaboração de testes em e-mail marketing, blogs e outros canais.

Com a parceria de uma empresa especializada, será mais fácil construir uma relação melhor com os clientes nos canais online da sua marca, elevando a taxa de conversão.

Cada erro de UX Design cometido significa que mais usuários estarão insatisfeitos com suas páginas, levando a uma maior taxa de abandono e dificultando que esse público se torne cliente fiel e propagador da sua marca nas redes sociais. Por isso, tente resolver essas dificuldades o mais rápido possível.

Tem alguma dúvida ou dificuldade em fazer isso? Entre em contato, agora mesmo, com nossa equipe. Temos uma solução para ajudá-lo em seus projetos!

William Oliveira

Sócio e Diretor de Operações da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de projetos digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor e Engenheiro de Software, já passou por grandes como Dafiti e Rocket Internet, onde morou na Alemanha e conheceu o gigante mercado de startups e sua cultura. Conta com mais de 10 anos de experiência, sendo 4 deles no Vale do Silício, onde ajudou a criar um produto do zero.
Fechar