Siga-nos nas redes sociais

DevOps: Eficiência, rapidez no desenvolvimento, fluidez na comunicação, redução de custos da TI, satisfação dos clientes, governança otimizada e aumento dos resultados: esse é o cenário ideal dentro do desenvolvimento de sistemas, certo? Certo.

Mas nem sempre as empresas atendem a esses requisitos. No entanto, isso é possível por meio de algumas mudanças na empresa — e é isso que o DevOps faz. Por isso, no post de hoje, vamos mostrar o que é DevOps, como ele está revolucionando a TI e quais as vantagens de utilizá-lo. Acompanhe!

O que é DevOps?

De forma simples, DevOps é a junção da abreviação de duas palavras: desenvolvimento (Dev) e operações (Ops). Essa metodologia é um conjunto de filosofias e práticas que otimiza a distribuição de aplicativos e serviços com agilidade, aperfeiçoando os produtos de forma mais rápida do que os processos tradicionais de desenvolvimento e gerenciamento.

Essa metodologia de desenvolvimento de software se baseia na comunicação para integrar a equipe de desenvolvimento de softwares com os profissionais de infraestrutura de TI.

O DevOps padroniza os ambientes de desenvolvimento, auxilia no lançamento de novas versões, bem como documenta e controla a emissão de relatórios com menos erros, já que é feito de forma automatizada. Essa automatização também ajuda no lançamento de novas versões, diminuindo a necessidade de fazer todas as alterações na linha de comando.

O objetivo das interações DevOps é entregar produtos, realizando testes de qualidade e aumentando a segurança e a rapidez do desenvolvimento por meio dos ciclos. A sua flexibilidade permite que qualquer empresa possa usá-lo para melhorar a integração das operações.

Quais suas principais características?

Agora entra a questão: como isso é possível? Seguindo as características que norteiam essa metodologia. Vamos conhecê-las?

Cultura

A primeira premissa do DevOps é estabelecer uma cultura colaborativa. Ao juntar o desenvolvimento com as operações, de forma que interajam e se comuniquem, estabelece-se uma cultura de colaboração entre as equipes.

Automação

Automação é uma das principais características dessa metodologia, pois ela aumenta a capacidade dos desenvolvedores entregarem recursos melhores e de forma mais rápida, ou seja, ter uma produção eficiente, além de ser importante para gerenciar a infraestrutura.

Nesse aspecto, é preciso ficar atento para não tentar automatizar tudo de uma única vez. O ideal é ter um ponto de partida, de preferência um processo contínuo. Para ser mais claro, pode-se desenvolver o sistema, executar o teste e notificar seu sucesso ou falha.

Primeiro, automatiza-se o processo de integração contínua, depois, cria-se um processo de entrega contínua.

Medição

O DevOps melhora o desenvolvimento, mas é necessário saber como a infraestrutura se comporta diante das mudanças. Existe uma série de soluções em monitoramento e vale a pena pesquisar e verificar a que melhor se encaixa na sua empresa.

É importante saber que esse passo vai trazer soluções de problemas de forma rápida e tornar essa fase proativa, ou seja, que identifica o problema antes que ele aconteça e o soluciona.

Sharing

Sharing, ou compartilhamento, é o fato de compartilhar problemas e soluções com todos os setores da empresa. É importante debater com os diferentes departamentos da empresa em busca de soluções para os desafios. O compartilhamento surge como ponte de integração na colaboração e transparência.

Por que essa metodologia está revolucionando a TI?

A metodologia DevOps contrasta muito com a antiga maneira como os softwares eram desenvolvidos. De forma geral, o método antigo não tinha uma boa escalabilidade, além de ser ineficiente em relação ao tempo e qualidade.

Do outro lado, surge o DevOps, com característica de escalabilidade mais eficaz, pois torna possível acessar um ambiente de produção com pouco ou nenhum tempo de inatividade apenas ao se apertar um botão. Isso é possível porque os testes são realizados antes que, de fato, o sistema entre em operação, o que evita uma série de problemas.

Ao implantar essa metodologia, é possível obter código em produção de forma rápida e ainda ter tempo para experimentar, testar e desenvolver novos produtos. Isso tudo pode ser feito por meio de testes ou pela criação de um ambiente de teste. Com um ambiente controlado para testar o produto final, é possível ter respostas rápidas a falhas, sem prejudicar a empresa.

Quais as principais vantagens dessa metodologia?

Agora que você já entendeu o conceito do DevOps, que tal conhecer as vantagens de aplicar essa metodologia? Veja só:

Ruptura das barreiras entre as áreas dos negócios

Ao implantar o DevOps, você não apenas promove a integração dos times de TI, como derruba as barreiras entre os desenvolvedores e as outras áreas da empresa. Com isso, passa a existir uma atuação sinérgica entre o setor de TI e quem coloca a solução no mercado ou a usa.

Isso é importante porque é possível entender as reais necessidades que precisam ser sanadas pelo software para otimizar os negócios e entregar um produto com valor real para o cliente.

Simplificação e racionalização dos processos

As características dessa tecnologia transformam os fluxos de trabalho, de forma que eles se tornam menos onerosos e burocráticos. A flexibilidade nos projetos facilita as mudanças e reduz os esforços.

Automação de tarefas

As atribuições do departamento de TI passam a ser substituídas por rotinas automatizadas. Dessa forma, as equipes passam a ter mais tempo para se dedicar ao aprendizado, documentação e entendimento dos erros para criar soluções de melhoria contínua.

Modernização da estrutura de TI

O Cloud Computing passa a ser amplamente utilizado com o DevOps, pois a infraestrutura oferecida será utilizada para viabilizar os projetos e objetivos do cliente.

O armazenamento em nuvem melhora a rotina de TI da empresa e agrega tecnologias de ponta, sem que seja necessário investir na aquisição de equipamentos, diminuindo, assim, o custo operacional.

Estimulo à colaboração

A premissa da comunicação já traz uma cultura colaborativa e, aliada ao Cloud Computing, facilita o acesso à informação, fazendo com que os problemas sejam mais facilmente identificados e que a iniciativa de sugestões de melhorias seja responsabilidade de todos.

Empoderamento dos times de TI

A realidade por trás do mercado de desenvolvimento é que só se mantêm competitivos no negócio aqueles que oferecem qualidade, escalabilidade, capacidade e disponibilidade. Mas gerenciar isso é algo complexo.

Ao ter essa visão, as equipes de TI acabam se dedicando a adquirir mais conhecimento para lidar com as tendências do mercado.

Mensuração de resultados

É possível mensurar os resultados, implantar métricas para entender o negócio e se adaptar a ele, podendo investir apenas naquilo que realmente será usado.

Como vimos, o DevOps é uma metodologia capaz de trazer inúmeras vantagens para o ambiente de desenvolvimento e para os clientes.

Quer saber como essa e outras soluções podem ser aplicadas ao seu negócio? Entre em contato conosco!

Daniel Antunes

Fundador e CEO da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor, Investidor e Graduado em Sistemas de Informação, Pós-graduado em Engenharia de Software e também em Gestão Estratégica de Negócios e Projetos, com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by