Siga-nos nas redes sociais

A hora de escolher sua plataforma para e-commerce não precisa ser complicada. Caso você siga algumas dicas, é possível tomar uma boa decisão e fazer com que seu sistema tenha condições de efetuar muitas vendas.

Por isso, neste post, você verá quais são os passos fundamentais para realizar uma escolha segura. Pronto para a escolha? Continue com a leitura!

Para que serve uma plataforma para e-commerce?

A plataforma de e-commerce é o coração de uma loja virtual. Com ela, você conseguirá publicar seus produtos na Internet e gerenciar sua loja da melhor maneira possível, escolhendo opções para:

  • frete;
  • exibição de produtos;
  • layout;
  • códigos promocionais;
  • formas de pagamento;
  • etc.

Dessa maneira, para que você conte com as melhores ferramentas, é essencial escolher uma boa plataforma. Assim, você conseguirá executar todas as ações que deseja.

Como fazer a escolha certa?

Veja, a seguir, quais são as melhores atitudes para escolher a plataforma perfeita para sua loja!

1. Verifique se o suporte é acessível

Em algum momento, você precisará fazer modificações em seu sistema, seja por problemas e erros na plataforma, seja por mudanças programadas pela sua empresa. Por isso, você deverá ter à sua disposição um time de especialistas pronto para ajudá-lo sempre que precisar.

Caso a plataforma escolhida não conte com suporte adequado, você precisará pagar mais para realizar as mudanças desejadas. Por isso, fique de olho na quantidade e qualidade do suporte disponível!

2. Descubra se há ferramentas de SEO

Se você quer receber muitos visitantes em seu site, é essencial ter ferramentas de SEO (Search Engine Optimization) no seu sistema. Com elas, você fará com que seu conteúdo seja mais bem compreendido pelos motores de busca. Além disso, sua página proporcionará uma melhor experiência de uso para os internautas.

Por isso, verifique o quanto a plataforma desejada é amigável aos sistemas de busca. Em alguns casos, a programação do sistema faz com que os sites tenham mais dificuldade em serem encontrados pelo Google. Então, preste bastante atenção antes de fazer essa escolha!

3. Conte com design responsivo

Uma das principais ações de SEO é o design responsivo, tendo em vista que ele garante que suas páginas sejam adaptadas para todas as telas, funcionando de forma adequada em dispositivos móveis (como smartphones) e em grandes monitores.

O Google procura por sites que possam agradar seus visitantes e proporcionar a resposta para o que eles buscam. Por isso, é essencial que suas páginas sejam responsivas — verifique, então, se a plataforma desejada tem essa característica. Além disso, compreenda a complexidade de fazer temas (trocar o design da página) de forma responsiva.

4. Tenha várias opções de pagamento

Não adianta ter uma página fantástica e estar nas primeiras posições do Google se os produtos ficarão abandonados no carrinho. Um dos principais problemas que fazem com que os visitantes abandonem suas compras é a forma de pagamento.

Por isso, verifique se sua plataforma permite multiplicidade de pagamentos. Além disso, veja se já há módulos preparados para receber determinadas bandeiras ou aceitar o método de pagamento preferido da sua empresa e do seu público. No caso de e-commerces criados com o WordPress e com o Woocomerce, é possível usar as principais opções disponíveis no mercado.

Agora que você sabe quais são os principais passos para escolher a plataforma para e-commerce, é hora de colocar a mão na massa. Defina quais são seus principais objetivos e quais são as ferramentas que possibilitam o alcance deles!

Quer receber mais conteúdo como este em seu feed de notícias? Curta agora mesmo nossa página no Facebook. Esperamos por você!

William Oliveira

Sócio e Diretor de Operações da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de projetos digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor e Engenheiro de Software, já passou por grandes como Dafiti e Rocket Internet, onde morou na Alemanha e conheceu o gigante mercado de startups e sua cultura. Conta com mais de 10 anos de experiência, sendo 4 deles no Vale do Silício, onde ajudou a criar um produto do zero.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by