Siga-nos nas redes sociais

Com a evolução das tecnologias de internet, o segmento de TI ganha um valor ainda maior para as estratégias empresariais. Hoje, existem negócios inteiros funcionando no modo online e a cloud computing é a grande responsável por esta revolução. Mitos sobre segurança foram desfeitos e os gestores se sentem mais confiantes para migrar seus dados e sistemas para a nuvem, o que vem gerando grande impacto na força competitiva dos negócios.

A cloud computing não é mais uma tendência, mas uma realidade no mundo corporativo. As empresas que deixarem passar essa oportunidade podem ficar defasadas, enfraquecer e dificilmente sobreviver ao mercado.

Se você ainda não conhece a ferramenta, é hora de aprender mais. Descubra, a partir de agora, o que é cloud computing e por que você deve adotá-la em sua empresa (principalmente se for uma startup)!

O que é cloud computing?

Cloud computing é um termo em inglês que significa computação em nuvem. Ela permite armazenar dados e programas em servidores de terceiros e acessá-los por meio da internet, em vez de usar o disco rígido, servidor ou dispositivos de armazenamento removíveis próprios.

Os provedores de computação em nuvem entregam recursos e ferramentas sob demanda — de hospedagem de softwares a centros de dados completos — e englobam serviços como gerenciamento de rede, dados e sistemas à distância, políticas de segurança e muito mais.

Para funcionar com segurança, os provedores formam uma rede de servidores localizados em regiões distintas para criar redundância (repetição de ferramentas para que o sistema esteja sempre disponível). O principal meio de acesso é a internet.

Como todos os serviços e recursos são compartilhados entre diversos usuários e são oferecidos sob demanda, o investimento fica mais acessível às empresas de pequeno porte, como as startups.

Modelos de cloud computing

Geralmente os modelos de nuvem possuem 3 formatos principais:

  • Public Cloud: empresas como Google, Amazon e Microsoft oferecem ambientes e recursos padronizados;
  • Private Cloud: é um modelo de nuvem privada, onde empresas secundárias formam estruturas com pacotes de serviços, recursos e ferramentas personalizáveis, atendendo adequadamente as necessidades de cada cliente;
  • Hybrid Cloud: é a junção dos dois modelos anteriores, formando uma estrutura de nuvem híbrida. O usuário pode aproveitar o melhor de cada modelo para ter vantagens ainda maiores.

Modelos de serviços na nuvem

Além dos modelos de nuvem, existem 3 tipos básicos de serviços oferecidos pelos provedores:

  • SaaS (Software as a Service): permite criar, testar, implementar e manter aplicações online, o que garante o uso de suas funcionalidades de forma remota, pelo celular;
  • IaaS (Infrastructure as a Service): possibilita criar uma estrutura de TI totalmente na nuvem. Muitas empresas estão usando estes serviços para virtualizar equipamentos e economizar com infraestrutura física;
  • PaaS (Platform as a Service): Engloba os dois modelos de serviços anteriores e permite montar uma empresa totalmente online. É o que está impulsionando o surgimento de startups.

Quais são os benefícios da cloud computing?

Agora que você já sabe o que é e como funciona a cloud computing, veja alguns dos melhores motivos para utilizá-la em seu negócio:

1. Aumenta a segurança contra perdas e roubos de informações

Os provedores de cloud computing oferecem recursos de segurança que ajudam a limitar o acesso aos ambientes online. Além do cadastro de logins e senhas fortes, a empresa pode contar com a criptografia deles e também dos dados hospedados na nuvem.

Assim, se alguém invadir o sistema, as senhas e informações serão ilegíveis. A empresa também pode classificar níveis de acesso para cada usuário na empresa.

2. Permite continuidade do negócio em casos de desastres

Ao utilizar os serviços de cloud computing, uma política de backups pode ser instituída, programando cópias na periodicidade que desejar e de forma automatizada. Estas cópias são duplicadas e enviadas a servidores diferentes.

Caso algo aconteça com a empresa ou com um dos servidores a ponto de paralisar o funcionamento, os dados e códigos de sistemas estarão intactos e poderão ser acessados imediatamente pelo servidor auxiliar. Isto quer dizer que a empresa poderá continuar funcionando mesmo diante de um desastre, gerando receitas enquanto se recupera totalmente.

3. Reduz custos com infraestrutura física

Quando você migra a infraestrutura de TI para a nuvem não precisa mais investir na aquisição, manutenção e atualização de equipamentos e espaços físicos para acomodá-los.

Também não precisará mais pagar por licenciamento de softwares, fazer downloads, instalações deles nas máquinas locais e paralisar a empresa sempre que uma atualização for necessária. Além do tempo, a cloud computing permite a empresa economizar rios de dinheiro.

4. A empresa ganha escalabilidade

Essa é uma das vantagens que mais enchem os olhos dos empreendedores, principalmente de startups. Isso porque as startups são modelos de negócios em rápida expansão. A melhor forma de crescer rápido, mantendo os custos e investimentos baixos, é usando a escalabilidade que a cloud computing oferece.

Como os serviços, recursos e ferramentas são entregues sob demanda, a empresa paga apenas pelo que usa em um modelo de assinatura de plano (mensalidade). Dessa forma, startups e outros modelos de negócios podem contar com uma estrutura elástica, crescendo ou retraindo de tamanho de acordo com a demanda —  a tal da escalabilidade que mencionamos.

5. Agrega mobilidade as tarefas

Outra vantagem muito visada pelas startups, principalmente as de tecnologia, é a possibilidade de agregar mobilidade ao negócio. Quando a estrutura é formada na nuvem, não só os produtos e serviços podem ser comercializados pela internet, mas as atividades operacionais e gerenciais podem ser executadas de forma remota.

Basta ter um smartphone, tablet ou laptop em mãos e conexão com a internet para trabalhar de onde quiser, na hora que desejar. Lembrando que, para isso acontecer, cada profissional deverá ter autorização de acesso aos dados e sistemas que precisam para desempenhar suas funções à distância.

A cloud computing é uma tecnologia recheada de recursos e ferramentas que tornam o negócio mais forte em vários aspectos. Além da segurança reforçada, ela permite economizar recursos financeiros e aumentar a produtividade dos gestores e colaboradores envolvidos. Não deixe passar esta oportunidade. Aproveite o momento para dar uma alavancada no seu negócio com a cloud computing.

Pronto para começar? Entre em contato com a GoBacklog agora mesmo e deixe-nos ajudá-lo com isso!

Daniel Antunes

Fundador e CEO da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de projetos digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor, Investidor e Graduado em Sistemas de Informação, Pós-graduado em Engenharia de Software e também em Gestão Estratégica de Negócios e Projetos, com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet.
Fechar