Siga-nos nas redes sociais

A informação é o ativo mais valioso que uma empresa possui. Portanto, é essencial que esse recurso seja devidamente protegido. O que acontece é que nem todas as empresas tomam cuidado suficiente e acabam comprometendo a segurança de dados importantes.

A segurança da informação — área de Tecnologia da Informação (TI) responsável pela proteção de dados relevantes para uma empresa — tem como base três princípios fundamentais, que são:

  • confidencialidade: garante o acesso às informações apenas para quem é autorizado;
  • integridade: assegura uma informação sem distorções, sejam elas intencionais ou acidentais;
  • disponibilidade: torna os dados acessíveis a qualquer tempo.

Porém, quando algum desses três princípios é corrompido, começam a ocorrer erros que podem comprometer a segurança dos dados da empresa. Quer saber quais são eles? Fique conosco!

1. Falha humana

Não é novidade que qualquer operador humano pode cometer erros. No entanto, quando se trata das informações de uma empresa, qualquer falha pode significar distorções graves no seu banco de dados.

Seja relacionado com má configuração das máquinas, desenvolvimento de aplicações para web ou ausência de atualização dos sistemas, uma desatenção breve pode provocar uma série de erros na geração e interpretação das informações disponíveis.

Isso pode ocorrer por diferentes motivos, como:

  • falta de atenção;
  • despreparo;
  • ausência de treinamentos;
  • omissão de técnicos e supervisores;
  • subestimação sobre hackers;
  • outros.

Se você quer saber mais sobre esses erros, continue lendo até o fim!

2. Falta de capacitação

Como já foi dito, a falta de preparo e capacitação dos profissionais de TI é um dos erros mais graves em relação à segurança de dados de uma empresa. A combinação de desatenção com despreparo pode intensificar significativamente esse risco.

É importante treinar equipes e usuários que possuem acesso aos dados da empresa para que elas realizem o uso consciente dessas informações, protegendo-se contra links maliciosos, navegações suspeitas ou qualquer descuido, como levar informações da empresa para fora do ambiente de trabalho, por exemplo.

Uma solução válida é determinar uma política de compartilhamento de dados da empresa que determine o que é informação livre no ambiente interno e o que é restrito. Além disso, é importante definir punições àqueles que violarem as regras.

3. Ausência de investimentos em segurança de dados

O primeiro passo para fugir dos riscos que ameaçam as informações da empresa é evitar qualquer gênero de pirataria. Opte por sistemas autorizados, que, embora custem mais caro, podem significar vantagens em termos de segurança.

Além disso, mesmo que terceirizada, procure uma equipe de TI confiável e com reconhecimento de mercado. É importante ter em mente que você estará colocando nas mãos de outras pessoas o maior ativo da empresa.

Se você quer mais garantia de segurança, contrate uma empresa (além da equipe de TI) que faça backups frequentes da sua base de dados. Busque sempre empresas confiáveis e que realizem backup na nuvem, pois são seguros e geralmente mais baratos.

4. Inexistência de um plano de contingência

É importante que a empresa tenha diversas estratégias de recuperação de dados, especialmente por estar sujeita a muitos riscos relativos às suas informações, como:

  • roubo de dados;
  • espionagem;
  • softwares desatualizados;
  • ataques de ransomware (malware que capta dados do usuário e infecta os arquivos acessíveis para obter dinheiro em troca de chaves de acesso).

Para combater tudo isso, é necessário manter relações próximas com os responsáveis por outros sistemas de informação, como gerentes de conta bancária e fornecedores. Além disso, é interessante investir em ferramentas de monitoramento e controle.

5. Falta de atuação preventiva

A atuação preventiva é um meio de evitar todos os erros anteriores. Basicamente, trata-se de um método de prevenção e planejamento de ações estratégicas para proteger e recuperar dados.

Vamos repassar algumas atitudes que podem ser consideradas de prevenção:

  • auditorias frequentes em TI;
  • política de controle e compartilhamento dos dados;
  • atualização dos softwares;
  • investimento em ferramentas de monitoramento e segurança;
  • capacitação dos colaboradores;
  • plano de contingência.

Agora que você já conhece os principais erros que comprometem a segurança de dados, que tal ficar por dentro de tudo o que pode estar afetando o desempenho da sua empresa? Assine nossa newsletter e receba tudo diretamente no seu e-mail!

Daniel Antunes

Fundador e CEO da GoBacklog, uma empresa especializada no desenvolvimento de projetos digitais que vem mudando a forma de se criar negócios digitais de sucesso. Empreendedor, Investidor e Graduado em Sistemas de Informação, Pós-graduado em Engenharia de Software e também em Gestão Estratégica de Negócios e Projetos, com mais de 10 anos de experiência no mercado de internet.
Fechar
1
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar?
Powered by